London Penthouse

Tipo
Penthouse
Autor
Fernanda Marques
Nome do projeto
London Penthouse
Data do inicio do projeto
2013
Data de conclusão do projeto
2014
Localização
London, England
Área
830m²
Fotógrafo
Fernando Guerra
Prêmios
Prêmio recebido pelo projeto London Penthouse

Sugestões

London Penthouse

Um refúgio onde um jovem casal de colecionadores e seus dois filhos pudessem relaxar, conviver em harmonia com sua coleção de obras de arte e de design e, ao mesmo tempo, se sentir em casa, em pleno centro de Londres.

Eis, em resumo, o programa que a arquiteta brasileira Fernanda Marques recebeu dos proprietários deste imóvel, localizado em uma das extremidades de uma tranquila praça, de um dos bairros mais centrais – e atualmente, cosmopolitas - de Londres, Belgravia.

“Realizei um trabalho de retrofit em uma penthouse de três pavimentos. Meus clientes faziam questão de contar com condições ideais de exposição de sua consistente coleção de arte e de mobiliário. Meu maior desafio foi encontrar o ponto de equilíbrio entre ela, móveis de design de perfil escultórico tão proeminente e o cotidiano de uma casa”, conta Fernanda.

Mais do que nenhum outro, o projeto exigiu da arquiteta um estudo acurado dos materiais e das cores empregadas nos interiores, de forma a garantir paredes livres em número suficiente, assim como espaços amplos e luminosos.

Ao contrário da conformação original do imóvel - caracterizado por divisões entre áreas privadas e comuns - os interiores foram redesenhados como grandes espaços conectados, restringindo o uso de portas apenas ao indispensável.

Assim, o primeiro piso, recebeu duas suítes - incluindo a do casal- e teve suas condições de isolamento acústico aprimoradas. No intermediário, fica a área social da casa propriamente dita, com home theater, suite dos filhos e uma suite de hóspedes. Na cobertura, cozinha, jantar e living.

Em se tratando de um casal colecionador de arte – proprietário, entre outros de trabalhos de artistas como Adriana Varejão e Zhang Huan - todo o projeto de iluminação foi alvo de grande atenção.

Já a luz natural, filtrada pelas janelas que se abrem diretamente para a praça, colabora para a criação de um espaço contínuo, praticamente ininterrupto de um ambiente a outro, onde a convivência com o vigoroso acervo de obras de arte e de design do casal se torna único e, verdadeiramente, íntimo.